Concurso público: como estudar?

0

No dia 28 de outubro é comemorado o dia do Servidor Público, um dos campos profissionais mais cobiçados pelos brasileiros; seja pela segurança financeira, seja pela estabilidade profissional, o fato é que o numero de brasileiros que prestam concurso todos os anos em busca do tão almejado emprego público só aumenta.

Particularmente, embora eu ainda não tenha conquistado o meu objetivo, já tive a experiência de ser aprovado em outras ocasiões, estes métodos foram essenciais para minhas conquistas, gostaria de ter ouvido esses conselhos  na minha época de acadêmico, teriam me ajudado muito.Veremos a seguir que é preciso saber como estudar, não basta apenas saber o conteúdo programático.

Geralmente os candidatos realizam a seguinte pergunta: “Quantas horas devo estuda para ser um candidato de sucesso ?”. Tal questionamento acaba por “denunciar” o estudante interessado em estudar apenas o mínimo para ser aprovado na prova. Transferindo toda sua  deficiência de estudo para fatores externos como o livro, curso, professor, etc.

Esta prática consiste na aplicação da chamada ”lei do menor esforço” em prol da conquista de uma relação de custo/benefício. O foco na aprovação deve servir acima de tudo, como um termômetro de preparo do candidato, desta forma, deve-se buscar de forma contínua a sua evolução, obtendo resultados cada vez mais satisfatórios .

Muitos cursinhos de televisão afirmam que cerca de 4 horas diárias são suficiente, entretanto, ocorre que alguns candidatos mentalizam isso como uma ‘’ formula do sucesso ‘’ e ao serem reprovados consideram seu objetivo como algo fora do seu alcance, desenvolvendo uma frustração.

Note-se, que não basta o candidato possuir o conhecimento técnico sobre o conteúdo do edital, a grande maioria esquece (ou desconhece) que estar preparado é conhecer a banca examinadora responsável pela elaboração da prova. Cada banca possui suas peculiaridades e posicionamentos. Nesse sentido, é essencial que o candidato tenha uma intimidade com a prova, para isso, o melhor caminho é a resolução de questões das provas anteriores.

Outro fato que não deve ser olvidado é a qualidade do tempo de estudo, há candidatos que se dedicam duas horas diárias e rendem mais que candidatos que estudam por quatro horas sem a devida concentração, compromisso ou que utilizam métodos ineficazes. Mas calma ! deve-se ponderar as prioridades e reservar momentos para atividades em família, lazer, religião, etc. Não somos máquinas, nosso organismo reclama quando estamos ultrapassando nosso limite, não se deve ignorar os sinais da fadiga mental, sua saúde é mais valiosa .

Desta maneira, concluímos que a quantidade de horas ideal para ser aprovado no concurso é o máximo possível que o candidato puder dedicar, desde que sejam respeitados os próprios limites, evitando os esforços excessivos. Á medida que o candidato for realizando as provas, o processo de preparação se tornará algo cada vez mais leve, prazeroso e estimulante.

Recapitulando, esses são os principais pontos a serem observados para se alcançar a desejada aprovação:

I- Tenha um objetivo (Defina os concursos que mais te interessa e estude antes da publicação do edital, seu tempo é precioso).

II- Se organize (Faça um cronograma com as matérias que serão exigidas, defina uma carga horária de estudo diária com os assuntos que serão estudados ou revisados)

III –  Descubra o melhor método para você (Esse é o item mais subjetivo, existem diversas formas para render nos estudos, resumos, apontamentos, vídeo aulas, cursinhos preparatórios, apostilas, livros didáticos, grupos de estudo, etc).

IV – Resolva Questões (Existem sites especializados onde o candidato conta com um enorme banco de questões das mais diversas áreas. Outra ferramenta interessante são os livros de questões comentadas específicos para aquela determina prova).

V – Não desanime (Não se desista, embora o desejo seja sempre de ser aprovado na primeira tentativa, pode ocorrer do resultado não ser alcançado nas primeiras experiências).

E lembre-se:

“Estudar o mínimo é tornar máxima a distância em relação ao sucesso, a sua zona de conforto será o combustível dos seus concorrente”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA