Trabalho voluntário de Alexandre Prego é reconhecido pela CIPE Pólo

3
(Fotos: Kaique Vilas Boas)

Entender o papel cidadão em uma sociedade cada vez mais destorcida é fundamental para o exercício da plena cidadania e a mudança de hábitos que vão refletir o legado que vamos deixar para as futuras gerações. Ciente deste desafio, o professor Alexandre Prego, faixa preta de Jiu Jitsu e Sensei da Ryan Gracie Team, desenvolve um trabalho voluntário junto a Polícia Militar da Bahia. São aulas de defesa pessoal e Jiu-Jitsu para policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) Pólo Industrial. O objetivo do treinamento é estimular a prática de atividades físicas, bem como o preparo e o aprimoramento para um melhor desempenho da técnica marcial.

Valioso esforço rendeu ao professor na última sexta-feira, dia 14, uma justa homenagem da companhia realizada com a participação de diversas autoridades do município e também da esfera estadual para reconhecer personalidades que contribuem com a sociedade por meio das ações da polícia.

Alexandre Prego acredita que a integração das instituições policiais com a sociedade civil é o melhor caminho e pode render bons frutos. Para ele, receber uma homenagem na condição de colaborador direto das ações da Polícia é o melhor pagamento diante dos esforços diários. “Estendo o reconhecimento ao povo de Mata de São João, a minha esposa Bárbara e aos meus alunos que acreditam e seguem a minha filosofia. O sentimento é de orgulho”, disse.

DSC00559

As homenagens aos diversos colaboradores ocorreram durante a comemoração do 9° aniversário da CIPE, sob comando do Major Orlando Rodrigues Filho, que aproveitou a ocasião para agradecer aos apoiadores e falar de algumas ações da companhia.

cipe

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA